Núcleo de Estudos em Organizações e Sustentabilidade (NEOS)

O Núcleo de Estudos em Organizações Sustentáveis (NEOS) do IAG – Escola de Negócios da PUC-Rio tem como missão estimular pesquisas acadêmicas e projetos de extensão que produzam novos conhecimentos sobre o tema da Sustentabilidade em organizações e startups.

Temas abordados 

•Estratégias competitivas e colaborativas voltadas para a sustentabilidade das organizações;
•Estratégias climáticas;
•Inovação sustentável;
•Empreendedorismo sustentável;
•Novos modelos de negócios sustentáveis;
•Responsabilidade social corporativa.

Objetivos

• Realizar pesquisas que permitam desenvolver novos conhecimentos sobre a estratégia, inovação e a prática da sustentabilidade nas organizações, com ou sem fins lucrativos;
•Realizar pesquisas que permitam desenvolver novos conhecimentos sobre a prática do empreendedorismo ambiental e social e promovam a visão da sustentabilidade entre novos empreendedores;
•Desenvolver pesquisas que abordem o tema de mudanças climáticas e estratégias que visem mitigação e adaptação dos recursos e capacidades organizacionais.

Atuação

•Apoio à pesquisa de professores e pesquisadores do IAG PUC-Rio;
•Apoio a projetos de tese, dissertação e iniciação científica;
•Promovendo intercâmbio entre pesquisadores do IAG PUC-Rio e pesquisadores de outras instituições nacionais e internacionais;
•Trabalhos de consultoria, pesquisa aplicada e cursos de especialização para organizações.

Linhas de Pesquisa

Adaptação a mudanças climáticas e variáveis da percepção de risco e respostas estratégicas

Este estudo propõe a investigação dos determinantes da percepção do risco climático e o decorrente desenvolvimento de estratégias de adaptação na cadeia de alimentos no Brasil, uma cadeia de grande importância econômica e grande vulnerabilidade climática. O estudo contempla pesquisa de campo com empresas sobre percepção de risco e estratégias de adaptação a mudanças climáticas; e posterior desenvolvimento de workshops com stakeholders para a discussão dos resultados. O objetivo do estudo é gerar recomendações e contribuições para a adaptação das empresas, bem como sugestões para políticas públicas. Desta forma a pesquisa busca ir além da relevância acadêmica e trazer contribuição prática para as atividades de gestão.

Inovações de modelos de negócio voltados para a sustentabilidade, considerando não somente o desempenho financeiro, mas também outras dimensões do TBL (social e ambiental)

Estudo da conceptualização, implementação, condução e desempenho de modelos de negócios sustentáveis completamente novos ou significativamente melhorados, não somente focados em terem resultados econômicos que dão retorno aos seus sócios, mas também se preocupam com as necessidades dos outros stakeholders (com por exemplo, funcionários, meio-ambiente e a comunidade onde a empresa está inserida). Essa preocupação geralmente deve se refletir em objetivos e indicadores de resultado referentes às três dimensões do triple bottom line, que são: a dimensão econômica, a dimensão ambiental e a dimensão social.

Estratégias e práticas de empreendedorismo sustentável em suas vertentes ambiental (econegócios) e social (negócios sociais)

Esta linha de pesquisa busca investigar os fatores intervenientes e as tendências para novos empreendimentos sustentáveis no Brasil e no Mundo, buscando identificar motivações, fatores facilitadores e barreiras à criação e ao sucesso de startups com foco em questões ambientais e sociais. Busca-se também avaliar as estratégias competitivas e colaborativas, o papel dos líderes empreendedores e o desempenho dessas empresas dentro do conceito do triple bottom line, bem como sua contribuição para o desenvolvimento sustentável nos setores onde atuam. Nesse sentido, fazem parte do escopo dessa linha de pesquisa o empreendedorismo sustentável, o ecoempreendedorismo (econegócios) e o empreendedorismo social (negócios sociais).

Estratégias e práticas para a sustentabilidade de empresas e organizações públicas e do terceiro setor, em suas vertentes ambiental (Gestão Ambiental) e social (Responsabilidade Social e Ética Corporativa)

Esta linha de pesquisa busca investigar as estratégias competitivas e colaborativas utilizadas por organizações do 1º, 2º e 3º setores na busca da sustentabilidade corporativa, buscando avaliar a eficácia dessas estratégias e seu impacto no desempenho sustentável das empresas e outras organizações, com base em diferentes modelos de sustentabilidade. Assim, estratégias ligadas à gestão ambiental e à responsabilidade social corporativa fazem parte do escopo dessa linha de pesquisa.

Parcerias e Colaboração

•O NEOS tem uma parceria com o Núcleo Interdisciplinar de Meio Ambiente (NIMA) da PUC-Rio para pesquisas acadêmicas e ações sustentáveis dentro e fora do campus;
•O NEOS está aberto a parcerias com universidades, centros de pesquisa, empresas e ONGs nacionais e internacionais que possuam objetivos convergentes com os nossos;
•Contato: Coordenação do NEOS – Prof. Marcos Cohen – mcohen@iag.puc-rio.br | (21) 2138-9322.

Publicações

•Cavazotte, F.S.C.N.; Cohen, M.; Brunelli, M. . Business Ethics in Brazil: Analyzing Discourse and Practice of the Brazilian Contractors Involved in the Operation Lava Jato. (2018) In: Christopher Stehr; Nina Dziatzko; Franziska Struve. (Org.). Corporate Social Responsibility in Brazil The Future is Now.Heidelberg Germany: Springer-Verlag, v. 1, p. 1-15.

•Cohen, M.; Cavazotte, F.; Costa, T.; Ferreira, K (2017). Corporate Social-Environmental Responsibility as an Attraction and Retention Factor for Young Professionals. BBR. Brazilian Business Review (English Edition. Online), v. 14, p. 21-41.

•VaccariI, L. C. ; Cohen, M.; Rocha, A. M. C. (2017). Hiato entre Atitude e Comportamento no Descarte e Reciclagem de Lixo: Uma Abordagem Intergeracional. PRETEXTO (BELO HORIZONTE. ONLINE), v. 18, p. 116-134, 2017.

•Brito, R. P. (2017). Pegada Social. GV-executivo, 16 (6), 48-51.

•Brito, R. P. (2017). Business and Human Rights: Mind the Gaps, SSLAS Swiss School of Latin American Studies Newsletter, Spring 2017.

•Vaccari, L. C. ; Cohen, M. ; Rocha, A. M. C. . (2016). O Hiato entre Atitude e Comportamento Ecologicamente Conscientes: Um Estudo com Consumidores de Diferentes Gerações para Produtos Orgânicos. Gestão.Org, v. 14, p. 44-58.

•Miguel, P. L. de S., Brito, R. P., Pereira, S. C. F. (2016). Percepção de risco sobre efeitos das mudanças climáticas nas empresas. Estadão: Gestão, Políticas & Sociedade, 06/06/2016.

•Patrocinio, B. A. ; Cohen,M. (2016). Institucionalização da Responsabilidade Social Corporativa na Indústria Farmacêutica: Três Estudos de Caso. Organizações e Sustentabilidade, v. 4, p. 49-83.

•Miguel, P. L. de S., Brito, R. P., Pereira, S. C. F. (2015). Radiografia dos desastres no Brasil. GV-executivo, 14(2).

•Green, C. C. ; Cohen,M. (2015) . Tourism in Ilha Grande: The Promises and the Problems of Paradise. Journal of the International Academy for Case Studies, v. 21, p. 97-108, 2015.

•Berardi, P. C.; Brito, R. P. (2015). Drivers of Environmental Management in the Brazilian Context. Brazilian Administration Review (BAR), 12(1).

•Araujo, G. A. ; Cohen, M. ; Silva, J.F. (2014). Avaliação do Efeito das Estratégias de Gestão Ambiental sobre o Desempenho Financeiro de Empresas Brasileiras. Revista de Gestao Ambiental e Sustentabilidade, v. 3, p. 16.

•Beyda, T. T. ; Cohen, M, ; Silva, J. F. (2013). Gestão da Mudança em Parques Naturais: Lidando com Stakeholders. Pretexto (Online), 14, p. 124-144.

•Magalhães, R. S.; Brito, R. P.(2012). Estratégias empresariais para a sustentabilidade no Brasil. Uniethos website.

•Cohen, M.; Silva, J. F. (2011). Evaluation of Collaborative Strategies for Ecotourism and Recreational Activities in Natural Parks of Rio de Janeiro. Revista de Administração Pública (Impresso), v. 44, p. 1097-1123.

•Brito, R. P., Berardi, P. C. (2010). Vantagem Competitiva na Gestão Sustentável da Cadeia de Suprimentos: Um Meta Estudo, RAE – Revista de Administração de Empresas, 50 (2).

•LASFF Relatorio. (2010). Engajamento para Erradicação do Trabalho Escravo no Brasil. São Paulo, GVces website.

•Cohen, M.; Silva, J. F. (2009). Implantação da Gestão Participativa em Unidades de Conservação do Tipo Parque na Cidade do Rio de Janeiro: Do Conflito à Colaboração. Contextus (Fortaleza), 7, p. 81-92.

•Cohen, M.; Silva, J. (2009). Evaluation of Collaborative Strategies Used in the Management of Natural Parks in Rio de Janeiro. Latin American Business Review (Binghamton), v. 10, p. 263-287.

•Cohen, M.; Silva, J. F.; Costa, L. S. V. (2008). Projetos de Desenvolvimento Sustentável para Unidades de Conservação Ambiental Urbanas. Revista Eletrônica de Estratégia & Negócios, v. 1, p. 31-48.

•Brito, R. P.; Gonzalez, L. (2007). Finanças Sustentáveis, RAE Executivo, 6 (6).

•Cohen, M.; Silva, J. F. O Impacto das Decisões Estratégicas no Desempenho dos Franqueados de Fast-Food: O Papel do Relacionamento Franqueador -Franqueado. Revista de Administração Contemporânea (Impresso).

Working papers:

•Paula F. O.; Poesche, J. ; Lima-Toivanen, M. ; Lilja, K. (2018). Transition of the Forest Industry Firms to Biorefinery in Brazil: Diversity of Paths and Triggers. In: XLII Encontro da ANPAD – EnANPAD 2018, 2018, Curitiba. XLII Encontro da ANPAD – EnANPAD.

•Poesche, J. ; PAULA, F. O. ; Toivanen, M.L. ; Lilja, K. (2018) . Industry Transformation from Chemical Pulping to Biorefining. In: 27th Annual Conference of the International Association for Management of Technology – IAMOT, 2018, Brimingham. Annals from 7th Annual Conference of the International Association for Management of Technology – IAMOT.

•Macedo-Soares, T. D. ; Paula, F. O. (2018). Innovation & Sustainability: Research Tendencies and Gaps. In: 20th Anniversary Annual International Conference GBATA, 2018, Bangkok. 20th Anniversary Annual International Conference GBATA Proceedings.

•Brito, R. P. (2018).A Multilevel Framework of Climate Change Adaptation. In: EnANPAD, 2018, Curitiba. EnANPAD 2018

•Brito, R. P, Miguel, P. L. S., Pereira, S.C.F. (2016). Impacts of Natural Disasters in Brazilian Supply Chain: the case of São Paulo drought. Presented at AOM Academy of Management, Anaheim, CA, 2016.

•Miguel, P. L. S., Brito, R. P, Pereira, S.C.F. (2015). Natural Disasters and their Impacts on Supply Chains. Presented at EurOMA-2015, Neuchâtel.

•Miguel, P. L.; Brito, R. P.; Pereira, S. C. F. (2015). Humanitarian Operations in Brazil: a review of natural disasters in the last decade. Presented at POMS Conference 2015.

•Brito, R. P.; Widmer, R. (2009). The Debate about Profitability and Socially Responsible Investments: Research Propositions for Companies in Brazil. Presented at Global Forum America Latina, Curitiba, 2009.

•Brito, R. P. (2009). Práticas Socioambientais em Instituições Financeiras: Explorando as Motivações Estratégicas no Contexto Brasileiro. Presented at Global Forum America Latina, Curitiba, 2009.

•Biderman, R.; Brito R. P.; Monzoni, M. (2006). Finanças Sustentáveis e o Caso do Índice de Sustentabilidade Empresarial da Bovespa. Presented at Simpoi, São Paulo, 2006.

Equipe

•Prof. Dr. Fábio de Oliveira Paula – fabioop@iag.puc-rio.br
Currículo Lattes

Professor Assistente da Escola de Negócios da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RIO). Doutor em Administração de Empresas da PUC-Rio, na linha de pesquisa de Estratégia (2017). Bolsista FAPERJ de Doutorado-Sanduíche entre setembro de 2016 e agosto de 2017, tendo realizado pesquisas acadêmicas na Aalto University School of Business (Helsinque, Finlândia). Realiza pesquisas e possui artigos publicados em revistas acadêmicas nacionais e internacionais de alto impacto e em congressos nacionais e internacionais nas áreas de Gestão da Inovação, Inovação de Modelos de Negócios Sustentáveis, Estratégia e Redes de Alianças. Gerente de Projetos com certificação PMP, trabalhou como Gerente de Projetos e Processos e foi responsável por treinamento in-company em empresas de várias indústrias, como varejo, comércio exterior, marketing, educação, tecnologia da informação e petróleo e gás por 13 anos.

•Prof. Dr. Marcos Cohen – mcohen@iag.puc-rio.br
Currículo Lattes

Professor assistente e pesquisador do quadro principal da Escola de Negócios  da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Doutor (2007) e mestre (1998) em Administração de Empresas pela PUC-Rio com graduação em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1982). Atua como coordenador de gestão ambiental do Núcleo Interdisciplinar de Meio Ambiente da PUC-Rio (NIMA) e como coordenador do Núcleo de Estudos em Organizações Sustentáveis da Escola de Negócios  da PUC-Rio. É líder de tema do ENGEMA e atuou por dez anos líder de tema sobre Sustentabilidade Socioambiental e Ética Corporativa, na Divisão de Estratégia da ANPAD. Desenvolve duas linhas de pesquisa: 1- Avaliação de estratégias competitivas e colaborativas para a sustentabilidade das organizações 2- Empreendedorismo sustentável. Trabalhou por dezoito anos em diversas empresas do setor privado, ocupando cargos de gerência operacional  e coordenação de projetos.

•Prof.ª Dr.ª Renata Peregrino de Brito – renata.brito@iag.puc-rio.br
Currículo Lattes

Professora e pesquisadora na área de Estratégia Empresarial e Sustentabilidade Corporativa do Programa de Pós-Graduação (Mestrado Acadêmico, Mestrado Profissional e Doutorado) em Administração de Empresas do IAG – PUC-Rio. Pós-doutorado na Universidade de St. Gallen, Suíça (2017). Doutora em Administração de Empresas pela Fundação Getulio Vargas-EAESP (2011). MBA pela RSM Rotterdam School of Management – Universidade Erasmus Holanda (2005) e graduada em Administração de Empresas pela Fundação Getulio Vargas – EAESP.  Experiência gerencial nas áreas de consultoria em sustentabilidade (Centro de Estudos em Sustentabilidade – GVces) e no mercado financeiro (Bank of Boston e Citibank).  Desenvolve pesquisa na área de estratégia empresarial e sustentabilidade.

Pesquisadores colaboradores

•Ana Carla Bon, D.Sc. – anacarla.bon@hotmail.com
Currículo Lattes

•Ciro Valerio Torres da Silva, D .Sc. – ciro.torres@prof.iag.puc-rio.br
Currículo Lattes

•Julia Bloomfield Gama Zardo, D. Sc. – juliaz@puc-rio.br
Currículo Lattes

•Ruth Espinola Soriano de Mello, D.Sc. – ruth@puc-rio.br
Currículo Lattes

•Mariana Brunelli, M.Sc. – maribrunelli@gmail.com
Currículo Lattes

Localização e Contato

IAG – Escola de Negócios da PUC-Rio
Endereço: Rua Marquês de São Vicente, 225 – Gávea
CEP: 22541-900 – Rio de Janeiro, RJ
Telefone: +55 (21) 2138-9322
E-mail: mcohen@iag.puc-rio.br

Cadastro

Receba as últimas novidades do IAG

Topo