PÓS-GRADUAÇÃO ACADÊMICA
DOUTORADO
 PÓS-GRADUAÇÃO ACADÊMICA
DOUTORADO

DURAÇÃO DO PROGRAMA

O programa tem duração de quatro anos. Nesse período, os alunos devem completar 12 disciplinas, fazer teste de proficiência em alemão, francês ou italiano, ser aprovado no exame de qualificação e ser aprovado na defesa da tese de Doutorado. Depois de completar os créditos exigidos pelo programa, os alunos devem se inscrever na disciplina ADM 3100 – Tese de Doutorado, até a apresentação da defesa da tese de Doutorado.

CARGA HORÁRIA

540 horas

SECRETARIA ACADÊMICA

Secretárias: Gisele Notari e Teresa Campos
E-mail: doutorado@iag.puc-rio.br
Telefone: (21) 2138-9220
Endereço: Rua Marquês de São Vicente, 225 – Gávea
CEP: 22451-900 | Rio de Janeiro / RJ

SUGESTÕES E RECLAMAÇÕES
E-mail: coordpos@iag.puc-rio.br

LOCAL

Campus Gávea

IMPACTO SOCIAL

O Curso de Doutorado em Administração da PUC-Rio pretende formar líderes em ensino e pesquisa do fenômeno administrativo. Para isso, está voltado para a formação de professores e pesquisadores que possam efetivamente contribuir para o avanço do conhecimento em Administração.

O Programa se baseia nos seguintes pilares:

  • Forte base metodológica, reconhecendo-se a pluralidade de paradigmas e métodos utilizados pela Administração, provenientes de diversas áreas do saber;
  • Ênfase na filiação dos alunos a Núcleos e Linhas de Pesquisa do Departamento de Administração, de modo a possibilitar maior relevância de suas contribuições, tanto ao Departamento, como ao conhecimento científico na Área de Administração;
  • Exigência de formação básica ampla em Administração como pré-requisito;

ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO

O curso tem quatro áreas de concentração: Estratégia, Finanças, Marketing e Organizações.

EDITAL E REGULAMENTOS DO CURSO DE DOUTORADO

EDITAL
PROGRAMA DETALHADO
REGULAMENTO

ESTRUTURA CURRICULAR

Módulo Básico:

Totaliza 12 créditos, sendo três na área de concentração do doutorando, três em métodos quantitativos e os seis restantes podendo ser escolhidos entre as demais áreas, conforme ementa. Estes créditos podem ser obtidos no Curso de Mestrado do IAG PUC-Rio ou em outro curso de mestrado ou doutorado de comprovada excelência acadêmica. O aproveitamento de créditos será aprovado mediante análise do curso e do programa da disciplina.

Módulo Metodológico:

Eixo central do curso, o módulo oferece sólida base metodológica, enfatizando a área quantitativa ou qualitativa, dependendo da orientação do projeto. Totaliza 15 créditos composto por disciplinas obrigatórias e eletivas. Estas podem ser cursadas no IAG, em algum outro departamento da PUC-Rio ou mesmo de outra universidade, desde que recomendado pelo orientador e aprovado pela coordenação.

Módulo da Área:

Oferecido pela área de concentração em que o aluno está matriculado. Proporciona sólida base no conteúdo específico da linha de pesquisa e totaliza seis créditos, composto por duas disciplinas, sendo pelo menos uma do Doutorado. O conteúdo pode variar de um ano para outro e o doutorando pode cursar no próprio no IAG, em algum outro departamento da PUC-Rio ou mesmo de outra universidade, desde que recomendado pelo orientador e aprovado pela coordenação.

Módulo de Pesquisa:

Apoio para o desenvolvimento da pesquisa de tese de doutorado. Totaliza três créditos, composto por três disciplinas, sendo um Seminário de Pesquisa, um Exame de Qualificação e uma Tese de Doutorado. A esta altura, o doutorando já deve ter um professor orientador da tese e deve estar filiado a uma linha de pesquisa do programa, com dedicação à prática da pesquisa.

LINHAS DE PESQUISA

Linha de Pesquisa em Tomada de Decisões Financeiras em Ambiente de Risco e Incerteza

Contempla a modelagem financeira com base na quantificação do impacto das incertezas, focando na análise de risco sob a ótica da Teoria das Opções Reais e Derivativos, e também da área de Economia e Finanças da Energia, com ênfase na tomada de decisões em projetos de Infraestrutura. Os projetos de Econometria Financeira, Valuation e Governança Corporativa completam a base para o desenvolvimento e o aprimoramento de modelos, juntamente com a Teoria das Finanças Comportamentais que incorpora aos modelos a irracionalidade dos agentes financeiros.

Linha de Pesquisa em Impacto de Mudanças nas Estratégias de Marketing

Inclui as pesquisas e projetos relativos a comportamento do consumidor, relações de consumo, marketing de serviços, marketing internacional, marketing online, comunicação e semiótica, entre outros.

Linha de Pesquisa em Planejamento, Estratégia e Desempenho

Inclui (a) estudos e projetos envolvendo estratégia corporativa, estratégias competitivas e colaborativas, modelagem e mensuração do desempenho organizacional, planejamento estratégico e governança estratégica, entre outros, e (b) pesquisas sobre empresas multinacionais brasileiras, estratégias de internacionalização, internacionalização de clusters empresariais, desempenho de empresas internacionalizadas, bornglobals e empreendedorismo internacional, efeitos made in, entre outros.

Linha de Pesquisa em Estudos Organizacionais e Relações de Trabalho em Ambiente de Mudança

Abrange as pesquisas em organizações: teorias, modelos de gestão, estruturas e processos; comportamento organizacional: valores, identidade, cultura, poder, comprometimento, liderança, negociação, mudança, aprendizado e gestão do conhecimento; sentido e relações de trabalho; gestão de pessoas, competências, empregabilidade e carreira; e estudos organizacionais: perspectivas críticas sobre as organizações; comunicação e discursos organizacionais; história, memória e organizações.

COORDENAÇÃO

Alessandra de Sá Mello da Costa
Doutora em Administração de Empresas
alessandra.costa@iag.puc-rio.br
> Currículo Lattes

Marcus Wilcox Hemais
Doutor em Administração de Empresas.
marcus.hemais@iag.puc-rio.br
> Currículo Lattes

Módulo Básico

Ementa: Questões epistemológicas e metodológicas na construção das teorias das organizações. Paradigmas nas ciências humano-sociais. Abordagens críticas aos estudos organizacionais. Questões centrais: decisão; poder e autoritarismo; cultura; mudança; ecologia; comunicação organizacional e interpessoal; interioridade e ética.

Bibliografia: ADLER, P.S.; FORBES, L. C. & WILLMOTT, H. Critical Management Studies.The Academy of Management Annals, 1:1,119-179, 2007. ASTLEY, W. G.; VAN de VEN A.H. Debates e Perspectivas centrais na teoria das organizações. In: CALDAS, M.P.; BERTERO, C.O. Teoria das Organizações. Série RAE - Clássicos. São Paulo: Atlas, 2007. BARNEY,J.; HESTERLY, W. Economia das organizações: entendendo a relação entre as organizações e a análise econômica. In: CLEGG, S.T.; HARDY, C.; NORD, W.R.; CALDAS, M.; FACHIN, R.; FISCHER, T. (Orgs) Handbook de Estudos Organizacionais: Ação e Análise Organizacionais. v.3, São Paul… Bibliografia Completa

Ementa: A análise estratégica compreende o estudo do ambiente da empresa assim como dos recursos e capacidades das mesmas visando atingir um dado objetivo. A estratégia corporativa expande os limites da empresa e engloba as interações com demais empresas da cadeia vertical e horizontal. Em diferentes contextos, aspectos econômicos, sociais e cognitivos vão moldar a leitura do ambiente e a tomada de decisões dentro das empresas. Na avaliação do sucesso da estratégia é importante a análise do desempenho organizacional e da competitividade das empresas no tempo.

Bibliografia: -Aguinis, H., Lazzarini, S. G., Vassolo, R. S., Amorós, J. E., & Allen, D. G. (2020). Conducting Management Research in Latin America : Why and What ’ s in It for You ? Journal of Management, XX(X), 1–22. https://doi.org/10.1177/0149206320901581 -Barney, J. B. (1986). Strategic factor markets: Expectations, luck, and business strategy. Management Science, 32(10), 1231–1241. -Barney, J. B. (1991). Firm Resources and Sustained Competitive Advantage. Journal of Management. https://doi.org/10.1177/014920639101700108 -Barney, J. B., & Hesterly, W. S. (2008). Strategic management and competitive adv… Bibliografia Completa

Ementa: Introdução a Finanças Corporativas. Objetivos na tomada de decisões financeiras. Conceito de Valor. Análise e planejamento financeiro. Orçamento de capital e o valor da flexibilidade gerencial. Risco, retorno e valor. Custo de Capital. Administração de ativo e passivo. Decisões de dividendos e estrutura de capital.

Bibliografia: Berk, Jonathan; Demarzo, Peter. Finanças Empresariais Essencial. Porto Alegre, Bookman, 2009. Outros materiais serão disponibilizados na plataforma MOODLE do curso. Bibliografia complementar: Brealey, R., Myers, S., & Allen, F. (2011). Principles of Corporate Finance (10th ed.). New York, NY: McGraw-Hill/Irwin. Brigham, E.; Gapensky, L.C.; Ehrhardt, M.C. Administração Financeira - Teoria e Prática. São Paulo: Cengage Learning, 2012. Ross, Stephen; Westerfield, Randolph W.; Jaffe, Jeffrey F. Corporate Finance. 10a ed. São Paulo: McGraw-Hill, 2012.

Ementa: Papel de Marketing nas organizações e na sociedade. Planejamento e desenvolvimento das estratégias de marketing. Análise dos mercados consumidores e organizacionais. Estilos de vida e comportamento de compra. Segmentação de mercado e Posicionamento. Planejamento e desenvolvimento do composto de Marketing - produto, preço, distribuição e comunicação integrada de Marketing. Papel do consumo nas sociedades contemporâneas.

Bibliografia: Básica: -KOTLER, Philip. e KELLER, Kevin L. Administração de Marketing, 14ª edição. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2012. Bibliografia Complementar: -ARNOULD, E.J.; THOMPSON, C. J. Consumer Culture Theory (CCT): Twenty Years of Research. Journal of Consumer Research, Vol. 31, No. 4 (March 2005), 868-882. -BACELLAR, F. C. T.; IKEDA, A.K. Evolução do ensino de marketing: um breve histórico. Organizações & Sociedade, v.18, n.58 (Julho/Setembro 2011), 507-531. -BARROS, Diana L. P. Estudos do discurso. In: FIORIN, José Luiz (Org.). Introdução à Linguística II – Princípios de análise, p. 187… Bibliografia Completa

Ementa: Amostragem (métodos e distribuições), estimadores, intervalos de confiança, testes de hipóteses, regressão linear simples e múltipla, análise de variância, séries temporais, análise de dados categóricos e estatística não paramétrica.

Bibliografia: Básica: -BLACK, K. Business Statistics: Contemporary Decision Making, Wiley, 7th Edition, 2011. -MCCLAVE, BENSON, SINCICH. Estatística para Administração e Economia. Pearson/Prentice Hall,10a Edição, 2008. Complementar: -OLSSON, U. H.; FOSS, T.; TROYE, S. V. & HOWELL, R. D. The performance of ML, GLS and WLS Estimation in Structural Equation Modeling Under Conditions of Misspecification and Nonnormality. Structural Equation Modeling, v. 7, n. 4, pp. 557-595, 2000. SCHREIBER, J. B.; STAGE, F. K.; KING, J.; NORA, A. & BARLOW, E. A. Reporting Structural Equation Modeling and -Confirmatory Factor … Bibliografia Completa

Módulo Metodológico

Ementa: Apresentação dos procedimentos teórico-metodológicos da pesquisa histórica e da pesquisa histórica em administração. A proposta é contribuir com pesquisadores abertos a novos problemas, novos objetos e novas fontes de pesquisa, expandindo as possibilidades de teorização e de práticas de pesquisa, tanto pela adoção de quadros teóricos provenientes da análise histórica quanto pela utilização da pesquisa histórica como método de coleta e análise de documentos.

Bibliografia: • CLARK, P. ROWLINSON, M. (2004) "The Treatment of History in Organization Studies: Towards an 'Historic Turn?" Business History, 46(3), 331-352. • BOOTH, C.; ROWLINSON, M. (2006) "Management and Organizational History: Prospects". Management & Organizational History, 1(1), 5-30. • WEATHERBEE, T.G. (2012) Caution! This historiography makes wide turns: Historic turns and breaks in management and organization studies. Management & Organizational History, 7(3), 203- 218. • ROWLINSON; M.; HASSARD, J. (2014), "History and the Cultural Turn in Organization Studies". In: BUCHELI, M.; WADHWANI… Bibliografia Completa

Ementa: Procedimentos teórico-metodológicos da pesquisa histórica em administração:História do tempo presente; História de vida e métodos biográficos; Fontes orais; Outras fontes de pesquisa histórica (documentos e arquivos).

Bibliografia: -PROST, A. Os fatos e a crítica histórica" e "Os tempos da história". In: PROST, A. Doze Lições sobre a História. 2a Ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2012. -SAMARA, E.M.; TUPY, I.S.S. "A leitura crítica do documento" e "O trabalho com o documento". In: SAMARA, E.M.; TUPY, I.S.S. História & Documento e Metodologia de Pesquisa. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2010. -AROSTEGUI, J. A pesquisa histórica: teoria e método. São Paulo: EDUSC, 2006. -FERREIRA, M.M. Notas iniciais sobre a história do tempo presente e a historiografia no Brasil. Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 10, n. 23, p. … Bibliografia Completa

Ementa: Teoria e Pesquisa em Liderança – Desafios Conceituais e Metodológicos na pesquisa em Liderança; Liderança e Diferenças Individuais; Liderança e Emoções; Liderança e Identidade; Liderança e Ética; Liderança e Cultura; “Novas” Teorias – Carisma e Mudança; Liderança Compartilhada e Empoderamento; Liderança e Empreendedorismo; Liderança e Inovação; Liderança e Virtude.

Bibliografia: DINH, J.E., Lord, R., Gardner, L., Meuser, J., Liden, R., Hu, J. (2014) Where have we gone and where are we going with leadership research? A review of leadership theory since the new millennium. The Leadership Quarterly, http://dx.doi.org/10.1016/j.leaqua.2013.11.005 LORD, R. G., Day, D. V., Zaccaro, S. J., Avolio, B. J., & Eagly, A. H. (2017). Leadership in applied psychology: Three waves of theory and research. Journal of Applied Psychology, 102(3), 434. DeRue, D. S., Nahrgang, J. D., Wellman, N., & Humphrey, S. E. (2011). Trait and behavioral theories of leadership: A meta-analytic… Bibliografia Completa

Ementa: Avanço no estudo das rotinas organizacionais, buscando entender/identificar as problematizações que surgem no levantamento do estado da arte.

Bibliografia: 1.Anderson, C., & Robey, D. (2017). Affordance Potency: Explaining the Actualization of Technology Affordances. Information and Organization, 27, 100-115. 2.Aroles, J., & McLean, C. (2016). Rethinking Stability and Change in the Study of Organizational Routines: Difference and Repetition in a Newspaper-Printing Factory. Organization Science, 27 (3), 535-550. 3.Bengtsson, F., & Ågerfalk P. J. (2011). Information technology as a change actant in sustainability innovation: Insights from Uppsala. Journal of Strategic Information Systems, 20, 96-112.. 4.Cacciatori, E. (2012). Resolving Conflict in … Bibliografia Completa

Ementa: Discussão aberta sobre as organizações baseadas na lógica do Blockchain, modelos de governança autônoma, uso de criptomoedas, aplicativos descentralizados (dapps). Modelagem econômico-financeira de criptomoedas. Microeconomia e Macroeconomia aplicadas a contextos de blockchain e criptomoedas.

Bibliografia: Básica: -TAPSCOTT, Don; TAPSCOTT, Alex. Blockchain Revolution: How the Technology Behind Bitcoin is Changing Money, Business, and the World. Penguin, 2016. -ANTONOPOULOS, Andreas M. Mastering Bitcoin: unlocking digital cryptocurrencies. O'Reilly Media, Inc, 2014. Complementar: -BJERG, O. (2016) How is Bitcoin Money? Theory Culture and Society, 33(1), 53-72. -BÖHME, R., Christin, N., Edelman, B., Moore, T. (2015). Bitcoin: Economics, Technology, and Governance. The Journal of Economic Perspectives, 29(2), 213-238. -BRANDVOLD, M., Molnár, P., Vagstad, K., Valstad, O. C. A. (2015). Price Discover… Bibliografia Completa

Ementa: Apresentação e discussão da recente aproximação entre as áreas de História e Administração por meio de três trilhas temáticas: (1) A história da perspectiva histórica em administração; (2) A pesquisa histórica e a pesquisa histórica em administração; e (3) As diferentes possibilidades do fazer história. Proposta de contribuição a pesquisadores abertos a novos problemas, novos objetos e novas fontes de pesquisa, expandindo as possibilidades de teorização e de práticas de pesquisa, tanto pela adoção de quadros teóricos provenientes da análise histórica quanto pela utilização da pesquisa histórica como método de coleta e análise de documentos.

Bibliografia: ASSMANN, A. Canon and Archive. In: ERLL, A.; NUNNING, A. (Eds) Cultural Memory Studies: An International and Interdisciplinary Handbook, Berlin/New York: de Gruyter, 2008. ASSMANN, A. Espaços da recordação: formas e transformações da memória cultural. Campinas,SP: Editora da Unicamp, 2011. BOOTH, C.; ROWLINSON, M. Management and organizational history: prospects. Management & Organizational History, 1(1): 5-30, 2006. CASEY, A.J.; OLIVERA, F. Reflections on Organizational Memory and Forgetting. Journal of Management Inquiry, 20(3): 305-310, 2011. CLARK, P.; ROWLINSON, M.; The treatment of histo… Bibliografia Completa

Ementa: Explorar os limites e as possibilidades de metodologias e teorias fundamentadas na prática.

Bibliografia: SANDBERG. J TSOUKAS, H.. Grasping The Logic Of Practice: Theorizing Through Practical Rationality. The Academy of Management Review. Vol. 36, No. 2, June 2011, 338-360. FELDMAN, Martha S. et al. Beyond routines as things: Introduction to the special issue on routine dynamics. 2016. HULST, M. V.; YBEMA, S.; YANOW, D.. Ethnography and Organizational Processes. in LANGLEY, A. TSOUKAS, H. (ed.) The Sage Handbook of Process Organization Studies. 2017 RANTAKARI, A.; VAARA, E. Sequential Analysis of Processes. in LANGLEY, A. TSOUKAS, H. (ed.) The Sage Handbook of Process Organization Studies. 2017 GU… Bibliografia Completa

Ementa: Princípios básicos de pós-colonialismo e decolonialismo; violência contra oprimidos; a relação entre opressores e oprimidos; Orientalismo; teoria da dependência; Ética da Libertação; Transmodernidade; Modernidade; Colo-nialidade; pensamento de fronteira; Geo- e Corpo-Política do Conhecimen-to; colonialidade global; colonialidade epistêmica; feminismo (pós-)decolonial; desenvolvimento sob a ótica decolonial.

Bibliografia: •Berger, M. After the Third World? History, destiny and the fate of Third Worldism. Third World Quarterly, v.25, n.1, p.9-39, 2004. •Dirlik, A. The Postcolonial Aura: Third World Criticism in the Age of Global Capitalism. Critical Inquiry, v.20, n.2, p.328-356, 1999. •Fanon, F. Concerning Violence. In: The Wretched of the Earth. Grove Press: New York, 1963. •Memmi, A. Portrait of the colonized. In: The colonizer and the colonized. Earthscan Publications: London, 2003. •Said, E. The Scope of orientalism. In: Orientalism. Vintage Books: New York, 1979. •Bresser-Pereira, L.C. As três inte… Bibliografia Completa

Ementa: A Semiótica Francesa e a Sociossemiótica; Interações, materialidade e espacialidade. Relações entre a semiótica e a retórica.

Bibliografia: Principal: -BARROS, Diana L. P. Estudos do discurso. In: FIORIN, José Luiz (Org.). Introdução à Linguística II – Princípios de análise, p. 187 – 219. São Paulo: Contexto, 2005. -BARROS, Diana L. P. Teoria Semiótica do Texto. São Paulo: Ática, 2005. -FIORIN, J. L. Argumentação. São Paulo: Contexto, 2018. -FIORIN, J. L. Figuras de Retórica. São Paulo: Contexto, 2019. Bibliografia complementar -FLOCH, J.M. Alguns conceitos Fundamentais em Semiótica Geral. Edições CPS, 2001. -GREIMAS, Algirdas Julien e COURTÉS, J. Dicionário de Semiótica. São Paulo: Contexto, 2008. -LANDOWSKI, E. «Note préliminair… Bibliografia Completa

Ementa: Visão geral dos métodos multivariados. Exame dos dados. Análise fatorial exploratória. Regressão múltipla. Análise discriminante múltipla. Regressão logística.

Bibliografia: -HAIR, J.; BLACK, W.; BABIN, B.; ANDERSON, R. Multivariate Data Analysis. Prentice Hall Inc., 7th Edition, New Jersey, 2010. (www.mvstats.com) -JOHNSON, WICHERN. Applied Multivariate Statistical Analysis. Prentice Hall Inc., 5th Edition, New Jersey, 2002. -Electronic Statistical Textbook (www.statsoft.com/textbook/stathome)

Ementa: Análise conjunta. Análise de conglomerados. Escalagem multidimensional. Análise de correspondência. Modelagem de equações estruturais.

Bibliografia: Básica: -HAIR, J.; BLACK, W.; BABIN, B.; ANDERSON, R. Multivariate Data Analysis. Prentice Hall Inc., 7th Edition, New Jersey, 2010. (www.mvstats.com) -JOHNSON, WICHERN. Applied Multivariate Statistical Analysis. Prentice Hall Inc., 5th Edition, New Jersey, 2002.

Ementa: Discussão de tópicos avançados em finanças, com ênfase em derivativos.

Bibliografia: Básica: -Hull, John C. (2015). Options, Futures and Other Derivatives. 9th ed. Pearson -Merton, R.C. (1976) “Option Pricing when Underlying Stock Returns are Discontinuous”. Journal of Financial Economics 3(1–2), 125–144. -Rouah, Fabrice Douglas (2015). The Heston Model and its extensions in VBA. Hoboken, New Jersey. John Wiley & Sons Ltd. -Campello, M., Yue Ma, C.L and Zou, H., 2011 “The Real and Financial Implications of Corporate Hedging”. The Journal of Finance, Vol. LXVI, No. 5, 1615-1647. -Ornelas, J.R.H., and Mauad, R.B., 2019. “Implied Volatility Term Structure and Exchange Rate Predic… Bibliografia Completa

Ementa: Tomada de decisões em condições de incerteza e flexibilidade. Processos estocásticos. Modelagem da flexibilidade. Opções financeiras e opções reais. Processos de tempo contínuo, modelos discretos e modelos de simulação. Equação de Bellman. Programação dinâmica estocástica.Modelos de opções reais. Aplicações.

Bibliografia: Básica: -Dixit, A., and Pindyck, R., Investment under Uncertainty, Princeton University Press, Princeton, NJ (1994). Notas de aula do professor; Software: Versão Acadêmica do DPL 8.0 (www.syncopationsoftware.com) e de @Risk 7.0 (www.palisade.com). Bibliografia complementar: -T. COPELAND and V. Antikarov, Opções Reais, Editora Campus, São Paulo, 2002. -TRIGEORGIS, Lenos.; “Real Options - Managerial Flexibility and Strategy in Resource Allocation”; USA, MIT Press, 1996 -Hull, J., Options, Futures and Other Derivative Securities, (6th Ed.), Englewood Cliffs, NJ: Prentice Hall, 2006. Energia e Bio… Bibliografia Completa

Ementa: Discussão dos princípios, conceitos e processos para o desenvolvimento de pesquisa acadêmica. Inicia-se pelo processo de revisão da literatura e identificação das principais lacunas para o desenvolvimento da pergunta de pesquisa/hipóteses. Passa para a revisão das abordagem qualitativa e quantitativa, assim como dos principais métodos dentro de cada abordagem. Por fim, aborda a construção dos alicerces do projeto de tese de doutorado.

Bibliografia: Básica: -Aguinis, H., Hill, N. S., & Bailey, J. R. (2019). Best Practices in Data Collection and Preparation: Recommendations for Reviewers, Editors, and Authors. Organizational Research Methods, 1–16. https://doi.org/10.1177/1094428119836485 -Aguinis, H., Lazzarini, S. G., Vassolo, R. S., Amorós, J. E., & Allen, D. G. (2020). Conducting Management Research in Latin America : Why and What ’ s in It for You ? Journal of Management, XX(X), 1–22. https://doi.org/10.1177/0149206320901581 -Antonakis, J., Bendahan, S., Jacquart, P., & Lalive, R. (2010). On making causal claims: A review and recommen… Bibliografia Completa

Ementa: Visão ampla dos diferentes métodos e técnicas qualitativos disponíveis aos pesquisadores na área de Administração. Conhecimento da existência de uma diversidade de metodologias qualitativas e como podem ser utilizadas; metodologias qualitativas, avaliando sua adequação ao tema em questão; identificação de metodologias qualitativas alternativas que possam ser utilizadas para a investigação de determinados temas; compreensão das limitações associadas a cada método ou técnica.

Bibliografia: Capítulos dos livros: -Bardin, L. Análise de Conteúdo. São Paulo, SP: Edições 70, 2011. -Belk, R.W. Handbook of Qualitative Research Methods in Marketing. Cheltenham, UK: Edward Elgar, 2006. -Fetterman, D.M. Ethnography: step by step. Newbury Park, CA: Sage, 1989. -Franco, M.L. Análise de conteúdo. Brasília: Liber Livro, 2008. -Goldman, A.E., & McDonald, S.S. The Group Depth Interview: principles and practice. Englewood Cliffs, NJ: Prentice-Hall, 1987. -Guimarães, A. (org.). Desvendando Máscaras Sociais. 3ª. Ed.: Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1990. -Marschan-Piekkari, R. & Welch, C. (org.).… Bibliografia Completa

Ementa: Descrição detalhada do método. Vantagens e limitações do método. Aplicações do método em seu tema específico (exemplos de literatura).

Bibliografia: Básica: -FRANCO, M.L. Análise de conteúdo. Brasília, Liber Livro, 2008. -GILLEN, J.; PETERSEN, A. Discourse analysis. In: Somekh, B.; Lewin, C. Research Methods in the Social Sciences. London: Sage, 2005, Cap.17. -TAROZZI, M. O que é a Grounded Theory? Petrópolis, Vozes, 2011. -PAAVILAINEN-MÄNTYMÄKI, E. & AARIKKA-STENROOS, L. Narratives as longitudinal and process data. In: Hassett, M. & Paavilainen-Mäntymäki, E. (Eds.) Handbook of Longitudinal Research Methods in Organization and Business Studies. Cheltenham, U.K. Edward Elgar, 2013 (p.138-160). -SHACKLOCK, G.; THORP, L. Life history and narr… Bibliografia Completa

Ementa: Definição de hipóteses de pesquisa e/ou perguntas de pesquisa. Definição do domínio conceitual de um construto. Processo de operacionalização de variáveis. Avaliação da qualidade de uma escala para uso em survey e de desenvolvimento uma nova escala. Problemas e procedimentos necessários para o desenvolvimento de um instrumento de coleta de dados. Métodos de coleta de dados. Planejamento, condução e execução de coleta de dados. Requisitos associados à análise e à redação de uma tese.

Bibliografia: Popper, K. O mito da geração de hipóteses indutiva. Goode, W.J.; Hatt, P.K. Métodos em pesquisa social. São Paulo, Ed. Nacional, 1975 (cap. 6 – Elementos básicos do método científico: hipóteses). Spector, P.E. Summated rating scale: an introduction. Newbury Park, Sage University Paper Series, 1992, p.1-18. Churchill, G.A. A paradigm for better measures of marketing constructs. Journal of Marketing Research, 16 (February):64-73, 1979. Spector, P.E. Summated rating scale: an introduction. Newbury Park, Sage, 1992, p.18-70. Converse, J.M.; Presser, S. Survey questions: handcrafting the standardiz… Bibliografia Completa

Ementa: A investigação científica; estabelecendo a relevância do tema no campo; fundamentação teórica; qualidade da produção textual; considerações essenciais antes da coleta de dados; aspectos críticos associados à apresentação da metodologia e dos resultados; dirimindo limitações do desenho da pesquisa; fatores críticos à publicação sob o olhar de diferentes perspectivas epistemológicas; a escolha do periódico; atuando como avaliador de artigos; lidando com editores e avaliadores.

Bibliografia: -AGUINIS, H., & Edwards, J. R. (2014). Methodological wishes for the next decade and how to make wishes come true. Journal of Management Studies, 51, 143-174. -AGUINIS, H., & Vandenberg, R. J. (2014). An ounce of prevention is worth a pound of cure: Improving research quality before data collection. Annual Review of Organizational Psychology and Organizational Behavior, 1: 1-27. -BARTUNEK, J.M., Rynes, S.L. and Ireland R. D. (2006). What makes management research interesting and why does it matter? Academy of Management Journal, 49(1), 9-16. -BECKER, H. (1986) Writing for Social Scientists. Ch… Bibliografia Completa

Módulo da Área

Ementa: Utilização de Modelos de machine learning e sua aplicação em estudos na área de finanças e replicação no R. Desenvolver estudos empíricos em finanças aplicando diversos métodos estatísticos e econométricos.

Bibliografia: Básica: -James, G., Witten, D., Hastie, T, Tibshirani, R. An Introduction to Statistical Learning with Applications in R. Springer Verlag, New York, Corrected Edition 2017. Bibliografia complementar: •Bali, Turan G., Engle, Robert F., Murray, Scott. Empirical Asset Pricing – The Cross Section of Stock Returns. John Wiley & Sons, Inc, Hoboken, New Jersey, 2016. •Cochrane, John. Asset Pricing, Revised Edition. Princeton University Press, Princeton, New Jersey, 2005. •Ruppert, David, Matteson, David S. Statistics and Data Analysis for Financial Engineering. Second Edition. Springer: New York, 201… Bibliografia Completa

Ementa: Discussão aberta sobre as organizações baseadas na lógica do Blockchain, modelos de governança autônoma, uso de criptomoedas, aplicativos descentralizados (dapps). Modelagem econômico-financeira de criptomoedas. Microeconomia e Macroeconomia aplicadas a contextos de blockchain e criptomoedas.

Bibliografia: Básica: TAPSCOTT, Don; TAPSCOTT, Alex. Blockchain Revolution: How the Technology Behind Bitcoin is Changing Money, Business, and the World. Penguin, 2016. ANTONOPOULOS, Andreas M. Mastering Bitcoin: unlocking digital cryptocurrencies. O'Reilly Media, Inc, 2014. Complementar: BJERG, O. (2016) How is Bitcoin Money? Theory Culture and Society, 33(1), 53-72. BÖHME R., Christin, N., Edelman, B., Moore, T. (2015). Bitcoin: Economics, Technology, and Governance. The Journal of Economic Perspectives, 29(2), 213-238. BRANDVOLD, M., Molnár, P., Vagstad, K., Valstad, O. C. A. (2015). Price Discovery on B… Bibliografia Completa

Ementa: Conceitos de Teoria de Marketing. Desenvolvimento da Teoria de Marketing. Bases Filosóficas. Principais Debates Teóricos. Representações do Consumidor. Representações da Organização. Questões Atuais e Futuras sobre Teoria de Marketing.

Bibliografia: Básica: MACLARAN, P., SAREN, M., STERN, B. & TADAJEWSKI, M. The SAGE Handbook of Marketing Theory. SAGE, 2010. BAKER, M. & SAREN, M. Marketing Theory: a Student Text. SAGE, 2010. Bibliografia complementar: ALDERSON, W. (1948). Towards a Theory of Marketing, Journal of Marketing, v. 8, n. 2, pp. 137-152. BARTELS, R. (1968). The General Theory of Marketing, Journal of Marketing, v. 32, January, pp. 29-33. HUNT, S. (1983). General Theories and the Fundamental Explanada of Marketing. Journal of Marketing, v.47, Fall, pp. 9-17. ARNDT, J. (1985). On Making Marketing Science More Scientific: Role of … Bibliografia Completa

Ementa: Visão geral da área de conhecimento. Aspectos epistemológicos. Métodos em comportamento do consumidor. Pesquisa em comportamento do consumidor: perspectiva sociológica, etnografia, interpretativismo e extended self. Cadeia meios-fim. Laddering. Uso de experimentos. Meta-análise das pesquisas em comportamento do consumidor. Processamento de informações. Tendências.

Bibliografia: HIRSCHMAN, E.; HOLBROOK, M. Postmodern consumer research: the study of consumption as text. Newbury Park: Sage, 1992. PETER, J.; OLSON, J. Comportamento do Consumidor e Estratégia de Marketing. São Paulo: McGraw-Hill, 2009. Textos: Serão distribuídos ao longo do curso. Journals: Journal of Consumer Research; Journal of Consumer Behavior.

Ementa: Compreensão da diversidade no campo dos estudos organizacionais a partir das diferentes possibilidades epistemológicas de entendimento da realidade social e organizacional. Delineamento de diferentes perspectivas temáticas buscando contribuir para uma melhor compreensão acerca das organizações contemporâneas. Construir uma visão crítica e reflexiva da participação humana e da construção social da realidade a partir da perspectiva das organizações.

Bibliografia: Básica: -ALVESSON, M.; DEETZ, S. (1998) Teoria Crítica e Abordagens Pós-modernas para Estudos Organizacionais. In: CLEGG, S.T.; -HARDY, C.; NORD, W.R.; CALDAS, M.; FACHIN, R.; FISCHER, T. (Orgs) Handbook de Estudos Organizacionais: Ação e Análise Organizacionais. v.1, São Paulo: Atlas, 1998. -BROWN, A.D.; COLVILLE, I. PYE, A. Making Sense of Sensemaking in Organization Studies. Organization Studies, 36(2): 265-277, 2014. -BURRELL, G. Ciência Normal, Paradigmas, Metáforas, Discursos e Genealogia da Análise. In: CLEGG, S.T.; HARDY, C.; NORD, W.R.; CALDAS, M.; FACHIN, R.; FISCHER, T. (Orgs) Handb… Bibliografia Completa

Ementa: Teoria e Pesquisa em Liderança – Desafios Conceituais e Metodológicos na pesquisa em Liderança; Liderança e Diferenças Individuais; Liderança e Emoções; Liderança e Identidade; Liderança e Ética; Liderança e Cultura; “Novas” Teorias – Carisma e Mudança; Liderança Compartilhada e Empoderamento; Liderança e Empreendedorismo; Liderança e Inovação; Liderança e Virtude.

Bibliografia: Principal: -Dinh, J.E., Lord, R., Gardner, L., Meuser, J., Liden, R., Hu, J. (2014) Where have we gone and where are we going with leadership research? A review of leadership theory since the new millennium. The Leadership Quarterly, http://dx.doi.org/10.1016/j.leaqua.2013.11.005 -Lord, R. G., Day, D. V., Zaccaro, S. J., Avolio, B. J., & Eagly, A. H. (2017). Leadership in applied psychology: Three waves of theory and research. Journal of Applied Psychology, 102(3), 434. -Zaccaro, S., Dubrow, S. and Kolze, M.J. (2018) Leader Traits and Attributes. In D. V. Day & J. Antonakis (Eds.), The nature … Bibliografia Completa

Ementa: Aspectos práticos, suportados por ferramental analítico rigoroso, do Benchmarking Estratégico. Desenvolvimento dos principais tópicos de estratégia corporativa, com ênfase em integração vertical, diversificação, alianças estratégicas e fusões e aquisições. Estudo da aplicação de opções reais na tomada de decisões estratégicas sob risco e incerteza.

Bibliografia: -BARNEY, Jay B. & HESTERLY, William S. Administração Estratégica e Vantagem Competitiva: Conceitos e Casos. 3ª ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2011. -BARNEY, J. B. Gaining and Sustaining Competitive Advantage. Fourth Edition, 2011, Prentice Hall, NJ. -DE WIT, B. AND MEYER, R: Strategy – Process, Content and Context: An International Perspective, Third Edition, 2004, London: Thomson Learning. -ROTHAERMEL, F.T. : Strategic Management, Second Edition, 2015, New York: McGraw Hill Education.

Ementa: Gestão da Inovação. Conceitualização de Ecossistemas. Redes de atores que não se conceitualizam como ecossistemas: Alianças, Clusters, Sistemas Nacionais de Inovação. Ecossistemas de diversos tipos: Plataformas, Ecologia Industrial, Ecossistemas de Negócios, Redes Multi-atores. Empreendedorismo e Inovação. Empreendedorismo Internacional, Social e Economia Criativa. Empreendedorismo na Base da Pirâmide.

Bibliografia: Básica: -Adner R. (2006). Match your innovation strategy to your innovation ecosystem. Harvard Business Review 84(4), 98–107. -Adner, R., & Kapoor, R. (2010). Value creation in innovation ecosystems: How the structure of technological interdependence affects firm performance in new tech- nology generations. Strategic Management Journal, 31(3), 306–333. -Ahuja, G. (2000). Collaboration networks, structural holes, and innovation: A longitudinal study. Administrative science quarterly, 45(3), 425-455. -Aldrich, H. E. (2012). The emergence of entrepreneurship as an academic field: A personal essay… Bibliografia Completa

Módulo de Pesquisa de Tese

Ementa: Desenvolvimento do projeto de tese.

Bibliografia: REMENYI, D. et al (1998). Doing Research in Business and Management. An Introduction to Process and Method. Sage Publications, Thousand Oaks, CA.

Elaboração da tese.

Alessandra de Sá Mello da Costa

Doutora em Administração de Empresas

Ana Heloisa da Costa Lemos

Doutora em Sociologia

Antonio Carlos Figueiredo Pinto

Doutor em Economia

Fábio de Oliveira Paula

Doutor em Administração de Empresas

Flávia de Souza Costa Neves Cavazotte

Doutora em Administração de Empresas

Henrique Castro Martins

Doutor em Administração com ênfase em Finanças

Jorge Brantes Ferreira

Doutor em Administração de Empresas

Jorge Ferreira da Silva

Doutor em Administração de Empresas

Leonardo Lima Gomes

Doutor em Engenharia de Produção com ênfase em Finanças (PUC-Rio)

Luís Alexandre Grubits de Paula Pessôa

Doutor em Letras

Luiz Eduardo Brandão

Doutor em Engenharia de Produção

Marcelo Cabús Klötzle

Pós-doutorado em Finanças Comportamentais e Doutor em Economia

Marcos Cohen

Doutor em Administração de Empresas pela PUC-Rio. Coordenador do Núcleo de Estudos em Organizações Sustentá-veis (NEOS) do IAG/PUC-Rio

Marcus Wilcox Hemais

Doutor em Administração de Empresas.

Patrícia Amélia Tomei

Doutora em Administração

Paulo Cesar de Mendonça Motta

Doutor em Administração

Renata Peregrino de Brito

Doutora em Administração: FGV-EAESP, pós-doutora: Universidade de St. Gallen, Suíça. MBA: RSM Rotterdam School of Management – Universidade Erasmus, Holanda

Sandra Regina da Rocha Pinto

Doutora em Educação

Alunos

+

Egressos

+

Selecionados

+




As inscrições para o processo seletivo de Doutorado devem ser feitas no link http://www.ccpa.puc-rio.br/inscricao_pos/, no período de agosto a outubro.

Documentação necessária

Bolsa de Estudos

Todos os alunos aprovados serão indicados para bolsa de isenção total de mensalidade.

Somente alunos de Dedicação Integral poderão ser indicados para bolsas de fomento a partir do 2º ano do curso.

 

Voltar para os cursos de Pós Graduação Acadêmica